TCE Novembro
TJMS DEZEMBRO
Menu
sábado, 04 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
pmcg revia negocios
Polícia

Autor de estupro de adolescente é preso enquanto fazia compras com a esposa na Capital

Homem foi reconhecido pela vítima um dia após o crime, visto ‘por acaso’ em bairro da região norte

19 agosto 2018 - 13h49Por Amanda Amaral

Suspeito de estuprar jovem de 17 anos foi preso na tarde de sábado (18), no bairro Nova Lima em Campo Grande. Ele foi identificado pela própria vítima, que o avistou em um mercado do bairro e, junto ao tio, alertou a Polícia Militar.  

A mãe da adolescente, que pediu para não ter o nome publicado, relata o ocorrido. Na sexta-feira (17), a filha foi abordada ao sair de casa a caminho do ponto de ônibus que pega até o trabalho, por volta de 5h40 da manhã.  

“O homem se aproximou em um Xsara Picasso prata, com aparência de antigo, e a ameaçou com uma arma para que entrasse no carro. Levou ela dali, que é próximo a ONG Cidade dos Meninos, até uma região isolada, próxima a uma fazenda, e cometeu o estupro”, conta a mãe.

Após o crime, a adolescente foi deixada a três quadras de casa, para onde voltou a pé e, bastante abalada e chorando, contou à família o que havia acontecido. Ela relatou que foi ameaçada de morte pelo homem, que dizia saber seu endereço e quem eram seus familiares, caso contasse sobre o estupro a alguém.

A jovem tomou banho, trocou as roupas que estava e foi com a família até o Batalhão da Polícia Militar do bairro Nova Lima denunciar o caso. De lá, foi encaminhada ao posto de saúde do Nova Bahia, onde teve atendimento médico e tomou coquetel de medicamentos para prevenir doenças sexualmente transmissíveis e gravidez.

Boletim de ocorrência foi registrado na DPCA (Delegacia de Protecao a Crianca e ao Adolescente) e também foi feito exame de corpo de delito no Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal). Até então, havia pouca informação sobre o autor do crime.

Somente com as informações sobre o modelo do carro, os familiares passaram a realizar buscas na região. Com ajuda de imagens de uma câmera de segurança, confirmaram qual era o veículo e foi possível identificar, ainda que parcialmente, a fisionomia do suspeito. As imagens, sem a placa do veículo, foram levadas à polícia.

Identificado

No dia seguinte, o tio da adolescente se preocupou com seu estado emocional e a convenceu a sair de casa para se distrair em um shopping próximo ao bairro. No caminho, avistou um veículo com as mesmas características do utilizado no crime e alertou os policiais do batalhão para segui-lo.

Parado em um mercado, o condutor foi encurralado pela polícia e a família da garota, que o reconheceu na hora. O homem estava junto a esposa, que se surpreendeu com a suspeita e tentava defender o marido, justificando que o mesmo é ‘pai de família’ e ‘trabalhador’.

No veículo, foram encontrados fios de cabelo que pareciam ser da vítima. O suspeito foi detido e encaminhado à Deam (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher), onde permanece à espera de decisão judicial para mantê-lo preso.