TCE MAIO
TJMS MAIO
Menu
quinta, 26 de maio de 2022 Campo Grande/MS
TOP MIDIA INSTITUCIONAL SUPER BANNER
Polícia

Carro de aposentado desaparecido: polícia suspeita de latrocínio

O veículo pertence a um aposentado de 58 anos desaparecido desde sexta-feira na Capital

26 novembro 2018 - 10h20Por Redação

A Polícia Civil de Aquidauana trabalha com a forte hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte ou de graves lesões corporais da vítima) após denúncia de abandono de um Volkswagen Gol 1.6 prata na entrada da estrada de acesso ao Distrito de Cipolândia, região do Morrinho, sentido cemitério do Dourado, localizado neste sábado (24) por volta das 14 horas.

O suspeito, segundo o site O Pantaneiro, conhecido pela alcunha de “Lagoa” de 23 anos, está foragido. A Polícia Civil informou que se trata de um indivíduo altamente perigoso, com várias passagens pela Polícia/Sistema Prisional, e que teria cometido crimes no final do ano passado e início de 2018 na região de Aquidauana.

A PC ainda informou que colheu depoimento da filha da vítima, Belarmino Barbosa de Souza, 58 anos, dono do veículo e desaparecido deste a última sexta-feira (23). Segundo a testemunha, o suspeito estaria frequentando a casa do pai, mas haviam se desentendido. O aposentado teria dito para que saísse de sua casa, na Capital, já que comia e bebia sem ajudar em nada nas despesas. O suspeito ainda teria informado a Belarmino que estava “fugido” de Aquidauana.

Depois de encontrar o veículo abandonado, os policiais constataram que havia uma grande mancha de líquido vermelho semelhante a sangue sobre a espuma do banco traseiro da vítima. Ainda não é possível atestar que seja de fato o sangue de Belarmino, já que o Gol ainda passa por perícia criminal.

O caso

Após denúncia do carro encontrado na estrada, em vistoria rápida, a equipe localizou os documentos de porte obrigatório e de transferência, um óculos de sol da marca Gucci, além das manchas vermelhas no banco traseiro.

O veículo foi rebocado até o pátio da Delegacia de Aquidauana para perícia. Em contato com o Grupo de Operações e Investigações (GOI) da Capital, os agentes foram até o endereço de Belarmino, dono do veículo abandonado, e constataram que a casa estava fechada.

Em contato com a ex-mulher, ela teria informado aos policiais que Belarmino estaria desaparecido desde a noite de sexta-feira (23) e que estaria prestes a receber ou já teria recebido uma quantia considerável de dinheiro por conta da aposentadoria.

O caso segue em investigação policial.