ALMS CONTAR 25/06 A 27/06
(67) 99826-0686
PMCG - SLOGAN 17/06 A 30/06

Golpistas vendem terrenos com documentos falsos, faturam R$ 600 mil e fogem da polícia

Mais de nove pessoas foram vítimas do casal

6 SET 2016
Anna Gomes
13h02min
Foto: Divulgação

Um casal está sendo procurado pela polícia depois de lucrar R$ 600 mil dando golpes nas pessoas. Até o momento, pelo menos nove pessoas já registraram boletim de ocorrência e elas dizem serem vítimas da dupla, que falsificava documentos para vender lotes que não seriam deles.

Conforme o delegado Maércio Alves Barboza, titular da Dedfaz (Delegacia Especializada em Repressão a Crimes de Defraudações e Falsificações), o casal vendeu 18 lotes, todos localizados no Nova Lima, região norte de Campo Grande.

Os terrenos eram negociados pela metade do preço e estavam sendo vendidos desde junho deste ano. O casal falsificou os documentos da verdadeira proprietária e, com o preço bem abaixo do mercado, rapidamente conseguiam envolver as vítimas.

O delegado adianta que, com o passar dos dias, o número de vítimas pode aumentar. Os terrenos que normalmente custariam de R$ 90mil a R$ 100mil eram vendidos por cerca de R$ 40 mil pelo casal, mas devido ao baixo preço, o cartório desconfiou e resolveu fazer uma denúncia à polícia.

Ainda conforme Maércio, o casal estava fazendo as negociações desde junho. O dinheiro das vítimas era depositado em contas que a dupla também abriu com documentos falsos, mas a polícia foi informada apenas no dia dois deste mês e praticamente seria impossível conseguir recuperar os valores.

Imagens do casal que vai responder por estelionato foram cedidas pela polícia. Após a suspeita, a dupla nunca mais apareceu no cartório.

Veja também