Menu
sexta, 26 de novembro de 2021 Campo Grande/MS
pmcg revia negocios
Polícia

Chefe de polícia paraguaio é demitido após traficante brasileiro matar jovem dentro da cadeia

Marcelo Piloto deu 16 facadas na namorda a fim de que o crime impeça extradição

18 novembro 2018 - 17h34Por Thiago de Souza com informações da Agência Brasil

O presidente do Paraguai, Mário Abdo Benitez, demitiu, neste domingo (18), o comandante da Polícia Nacional do país, Bartolomé Baez. O motivo foi o assassinato de uma jovem de 18 anos pelo traficante brasileiro, conhecido como Marcelo Piloto, dentro do presídio onde ele está encarcerado, em Assunção.

O subcomandante da corporação, Abdo Benitez também foi exonerado. A decisão das demissões foram anunciadas em reunião do Conselho de Segurança do país, na manhã de hoje. Ele também fez o anúncio no Twitter.

As medidas, segundo a agêncio Efe, reportado pela Agência Brasil, já eram esperadas. Marcelo Piloto teria cometido o assassinato a facadas da jovem Lidia Meza a fim de evitar a deportação para o Brasil. Ainda segundo a agência, primeiro Marcelo deu uma pancada na cabeça da vítima e depois a esfaqueou 16 vezes.

Antes de ser preso, Marcelo Piloto usava rotas que passam por Mato Grosso do Sul para abastecer morros cariocas com drogas e armas. Ele está preso no país vizinho há quase um ano e teve de ser transferido de prisão por cinco tentativas de resgate. O narcotraficante tem 26 anos de prisão a cumprir no Rio de Janeiro.