FIEMS JUNHO

domingo, 16 de junho de 2024

Busca

domingo, 16 de junho de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Polícia

24/09/2018 11:00

Com 13 anos, filho de mulher assassinada pelo ex se culpa pela morte da mãe

Ex-padrasto falou para criança brincar longe do local do crime e ela foi; assassinato foi na véspera do aniversário do rapaz

"Ele se culpa por não ter ajudado a mãe". Familiares de Katiusce Arguelho dos Santos, 31 anos, morta com mais de 20 golpes de facão, dizem que o filho da vítima, um garoto de 13 anos, se culpa por não ter ajudado a mãe.

O menino estava com a mãe no dia do crime, mas o assassino, Bruno Mendes de Oliveira, teria pedido para a criança ir brincar.

Inocentemente, a criança foi brincar com o celular. Sem saber o que aconteceria com sua mãe, ele acatou as ordens do ex-padrasto e, ao retornar na casa, encontrou a mãe assassinada.

Conforme a prima da vítima, Ana Lucia Arguelho, de 35 anos, os seis filhos de Katiusce estão morando com a avó. Ela ressalta que os dias não estão sendo fáceis.

"O menino de 13 anos encontrou a mãe morta um dia antes de seu aniversário, quando era pra ser uma data de comemoração, ele estava enterrando a mãe dele. O adolescente não aceita o que aconteceu e se culpa por não ter conseguido ajudá-la", disse a prima.

Ana se lembra dos momentos que presenciou o ciúme obsessivo de Bruno. "Até quando minha prima ia fazer a unha ele tinha ciúmes. Ele tinha ciúme da própria família. Queremos justiça e guardar as boas lembranças que passamos com a Katiusce", lamentou.

O crime

Katiscia foi morta no dia 22 de janeiro de 2018, após ser atingida por mais de 20 golpes de facão desferidos pelo seu ex-companheiro, com quem conviveu por dois anos.

Sem apresentar remorso, Bruno diz que assassinou a mulher após descobrir uma suposta traição da vítima. Ele é julgado pelo Tribunal do Júri na manhã desta segunda-feira (24).

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
AMIGOS DA CIDADE MORENA ABRIL NOVEMBRO