Menu
terça, 18 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Polícia

Com falta de viaturas há anos, polícia e bombeiros aguardam aluguel

26 setembro 2015 - 12h46Por Alessandra Carvalho

A falta de viaturas está prejudicando o trabalho do Corpo de Bombeiros e Batalhão de Choque da Polícia Militar. No cotidiano, eles atendem a população e enfrentam essa situação há muito tempo, segundo denuncia Edmar Soares, presidente da Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

Edmar explica que a Polícia Militar está com 47% das viaturas paradas nas oficinas, com problemas mecânicos, devido o uso constante nas ocorrências e tempo de uso. “O Governo de Mato Grosso do Sul  autorizou  o aluguel de viaturas para a Polícia Militar através do TCE/MS (Tribunal de Contas do Estado), o que falta é a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul), tomar as providências necessárias para liberar a licitação”, explica.

O pedido foi feito para que 19 viaturas alugadas das empresas H. Lobo Locações  de São de Paulo e Transporte Apoteose  de Minas Gerais, atendam os policiais do Batalhão de Choque da Polícia Militar, com caráter de urgência. O custo é de em torno de R$ 14 mil cada.  

 

Foto: André de Abreu


Segundo Edmar, o  déficit é de 554 veículos para atender a polícia de MS, sendo 329 automóveis e 225 motos, e o valor da locação será de em torno de R$ 3 milhões.

A situação das UR (Unidades de Resgastes) do Corpo de Bombeiros é mais complexa pelo fato de precisar de equipamentos que salve vidas. Edmar afirma que o preço de cada viatura deve custar em torno de R$ 150 mil e, em Mato Grosso do Sul, são necessárias 40 novas viaturas.  Somente na Capital a necessidade é de 15 viaturas para atender a demanda da população.