A+ A-

domingo, 19 de maio de 2024

Busca

domingo, 19 de maio de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Polícia

02/09/2017 09:30

A+ A-

Defesa de assassino de Mayara vai alegar insanidade mental para reduzir pena

Luis Alberto Bastos Barbosa, 29 anos, está preso preventivamente no Presídio de Trânsito

Para tentar reduzir a futura pena de Luis Alberto Bastos Barbosa, 29 anos, que assumiu ter matado a marteladas a musicista Mayara Amaral, 27 anos, encontrada morta no dia 25 de julho na região do Inferninho, na saída para Rochedo, a defesa tentará alegar insanidade mental do suspeito.

Segundo o advogado de Luis, Conrado de Sousa Passos, ele irá requerer ao juiz que o suspeito passe por exames para detectar uma possível insanidade mental. ''Desconfiamos que ele sofre de alguma debilidade. Não é possível que um sujeito nas condições normais possa ter feito um negócio desses. De repente estamos tratando uma pessoa doente como se fosse um criminoso", defendeu.

Conforme Passos, a própria família de Luis defende que ele passe por exames por não acreditar que ele tenha cometido em crime. "Ele é um rapaz bom. A família acredita que em sã consciência ele jamais teria feito isso", disse.

Preso preventivamente no Presídio de Trânsito da Capital, Luis está sofrendo com a abstinência das drogas. "Ele tem sofrido muito por causa da abstinência e a família já foi chamada várias vezes para levar medicamentos ao local'', contou o advogado.

Caso o juiz aceite o requerimento da defesa, Luis passará por avaliação de médicos especialistas.

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
AMIGOS DA CIDADE MORENA ABRIL NOVEMBRO