TCE MAIO
TJMS MAIO
Menu
terça, 24 de maio de 2022 Campo Grande/MS
CÂMARA MUNICIPAL MAIO 2/3 ANO
Polícia

Despachante é indiciado por morte de garota em motel da fronteira

Vítima perdeu a vida por infarto causado por overdose de drogas

30 agosto 2018 - 18h21Por Thiago de Souza

O despachante aduaneiro, Eliodoro Ramon Caceres, foi indiciado pela polícia paraguaia, pela morte de Liz Rosana Meza Moran, 28 anos, ocorrida na noite do dia 5 de agosto, em um motel de Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Ele vai responder por homicídio culposo e omissão de auxílio pela morte da vítima em razão de overdose.

Conforme o Porã News, Eliodoro estava no motel, localizado na Ruta 5ª, junto com Liz e uma amiga dela, Jaqueline Lopez Gonzalez. A jovem teria passado mal e foi socorrida por Lopez até uma clínica particular da cidade, onde já chegou sem sinais de vida.

O caso foi investigado pela Divisão de Homicídios com apoio da Polícia Técnica. Para as autoridades, ao ver a vítima passar mal, ele teria deixado o estabelecimento, pois seria casado.