TCE MAIO
TJMS MAIO
Menu
segunda, 23 de maio de 2022 Campo Grande/MS
GOV EMPREGO MAIO
Polícia

'Ele me batia muito, judiava de mim', diz mulher que matou marido após agressões

Mulher matou o marido a facadas na noite de ontem (1°)

02 outubro 2018 - 13h14Por Dourados News

Ana Cleia Savala Gonçalves, 21 anos, autuada em flagrante pelo assassinato de Marcos Ferreira de Almeida, de 41, ocorrido por volta das 21h de ontem (1º), na comunidade Ouro Fino, atrás da sitioca Campina Verde, em Dourados, contou que era agredida constantemente pelo marido.

Conforme o site Dourados News, ela contou que se casou aos 12 anos e, desde então, os nove anos de casamentos foram baseados em brigas e agressões físicas e verbais. Marcos, segundo a esposa, era alcoólatra e usuário de droga. "Ele me batia muito, judiava de mim", disse. Além disso, Ana afirmou que durante a briga de ontem, a intenção dela não era matar Marcos, mas se defender. 

“Ele chegou ontem em casa, bêbado e muito agressivo, começamos a discutir, mas eu pedi pra ele parar, foi quando ele me deu um tapa nas costas, eu empurrei e então ele veio pra cima de mim, querendo me dar um soco, foi aí que eu me defendi acertando ele com a faca”, relata ela. 

Questionada sobre o objeto, ela disse que segurava a faca porque estava cortando carne. 

Sempre violento, quando um dos filhos do casal nasceu, Marcos, conforme, a esposa, tentou matar a criança. 

“No dia que eu fui no posto tirar os pontos [da cesárea], ao voltar, eu vi o tio do meu filho caído no chão, pois era idoso e não conseguiu fazer com que meu marido parasse de bater no meu filho”, ela continua e diz que para evitar brigas, muitas vezes ia para a igreja com os dois filhos. 

O caso

Marcos Ferreira Almeida foi morto na noite de ontem (1º/10), com um golpe de faca na altura do peito, após chegar em casa e começar a discutir e agredir a esposa, Ana Cleia Savala Gonçalves. 

A autora foi detida e encaminha para o 1º Departamento de Polícia Civil, em Dourados, onde passou a noite.