Menu
terça, 07 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
ALMS - NOVEMBRO
Polícia

Limpa na Saúde: diretores são levados de hospital para prestar depoimento ao Gaeco

Agentes policiais teriam ido também até a casa do diretor do hospital no bairro Carandá Bosque na Capital

30 novembro 2018 - 09h29Por Rodson Willyams e Anna Gomes

Agentes do Gaeco deixaram a sede do Hospital Regional carregados de documentos na manhã desta sexta-feira (30), em Campo Grande. Informações preliminares apontam que dois diretores do hospital foram levados pelos policiais.

Funcionários ouvidos pela reportagem apontaram que Justiniano Vava, diretor do Hospital, teria sido levado pelos agentes do Gaeco. Os policiais ainda teriam ido até a casa do diretor, que fica no Carandá Bosque.

Outro que teria sido encaminhado até a sede do Gaeco, conforme os funcionários do Hospital, seria o diretor administrativo e financeiro do Hospital, identificado apenas como Joceli Roberto.

No local, ainda continua um veículo do Gaeco. Outro teria saído mais cedo com documentos.

A reportagem tentou entrar em contato com assessoria de imprensa do Hospital, que informou que só deve se manifestar mais tarde.

O TopMídiaNews também tentou entrar em contato com a assessoria do Ministério Público Estadual, que informou que os presos estão sendo encaminhados para a delegacia, porém, não confirmou os nomes.

O caso

Por meio da Operação Reagente, os agentes cumprem três mandados de prisão preventiva e mais 14 de mandados de busca e apreensão. As investigações se concentram nos crimes de corrupção ativa e passiva, organização criminosa e fraude em licitação, envolvendo equipamentos médicos do Hospital Regional de Campo Grande.