TCE MAIO
(67) 99826-0686
PMCG - Prestação de contas

Em pavilhão de facção criminosa, agentes apreendem celulares, carregadores e drogas na Máxima

Ação teve apoio de homens do Batalhão de Choque da PM na manhã desta terça-feira

8 NOV 2016
Thiago de Souza
17h44min
Drogas e celulares estavam em poder dos detentos na Máxima Foto: Agepen - Divulgação

Drogas, celulares e carregadores foram apreendidos na manhã desta terça-feira (8), após operação pente-fino feita por agentes penitenciários, com apoio de policiais do Batalhão de Choque da PM, no Estabelecimento de Segurança Máxima Jair Ferreira de Carvalho, em Campo Grande. A ação foi de rotina e durou cerca de cinco horas, nas partes internas e externas da galeria do Pavilhão 2, onde se encontram presos membros de facções criminosas.

A revista foi comandada pela Diretoria de Operações da Agepen ( Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário). No total, foram recolhidos 25 celulares, 19 carregadores, cinco baterias avulsas, sete fones de ouvido, cinco chips, além de 250 gramas de cocaína e 1.910 gramas de maconha. 

O BPChoque entrou no presídio com 60 homens e atuou na retirada, contenção e recolocação dos presos nas celas. 

Segundo diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia, a instituição tem intensificado as operações pente-fino em presídios do Estado, sendo dada uma atenção especial à Máxima de Campo Grande, devido à sua complexidade e grande volume de presos, sendo necessário que em cada ação pontos diferentes da unidade sejam vistoriados. “É um trabalho constante e incansável, que se soma a outras ações, como revistas em visitantes, monitoramento rotineiro dos arredores dos presídios e vistorias menores em celas”, finalizou.

 

 

 

 

Veja também