A+ A-

domingo, 19 de maio de 2024

Busca

domingo, 19 de maio de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Polícia

21/08/2017 11:11

A+ A-

Em um ano, MS registra cerca de 4 estupros coletivos por mês

Entre 2015 e 2016, o Estado registrou quase 50 estupros coletivos

Mato Grosso do Sul possui um número alarmante de estupros coletivos. No período de 2015 a 2016, o Estado registrou cerca de quatro desses crimes por mês. Isso sem contar os estupros realizados por uma pessoa e o assédio que as mulheres sofrem durante o dia a dia.

Conforme um mapa publicado pelo jornal Folha de S. Paulo, a cada 100 mil habitantes, MS registra 2,12 estupros coletivos. A taxa brasileira é de 1,71 crimes do gênero por 100 mil habitantes. Isso significa que, em MS, 48 mulheres, adolescentes ou crianças são torturadas por grupos de estupradores todo ano, totalizando cerca de quatro crimes ao mês. Os números registram apenas os casos que chegaram a ser denunciados pelas vítimas.

No Brasil, dados do Ministério da Saúde mostram que, em cinco anos, mais do que dobrou a ocorrência desse crime, pulando de 1.570 casos em 2011 para 3.526 em 2016. São, em média, dez casos por dia.

Crimes em MS

Todos os crimes de estupro coletivo são considerados bárbaros, um que chocou a população aconteceu em uma aldeia na cidade de Dourados, distante aproximadamente 250 quilômetros de Campo Grande. Uma menina indígena de 9 anos foi brutalmente estuprada por sete homens. Isso mesmo, sete homens estupraram a garota e depois a abandonaram em uma casa em construção.

Outro caso também foi registrado em Dourados. Michele Gonçalves Montanha, de 14 anos, foi estuprada e assassinada por se negar a manter relações sexuais com um dos estupradores. Ao todo, cinco pessoas, sendo um homem de 28 anos e quatro adolescentes, tiveram participação no crime.

Em 2015, também em MS, outra jovem de 19 anos foi estuprada por cinco homens. Durante o estupro, a vítima que havia saído de uma festa chegou a desmaiar.

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
AMIGOS DA CIDADE MORENA ABRIL NOVEMBRO