Menu
sábado, 23 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
Polícia

Enfermeira vive momentos de terror nas mãos de casal do crime em Campo Grande

A vítima ficou com a arma apontada para a cabeça; ela tenta recuperar ao menos os documentos pessoais

31 agosto 2021 - 12h22Por Dany Nascimento

A enfermeira Natália de Oliveira Wronski, 34 anos, viveu momentos de terror no dia 24 de agosto, após ser abordada por um casal de assaltantes na Rua Luiz Arruda, no bairro Aero Rancho, em Campo Grande. 

Ela estava em um veículo e foi buscar o filho na casa da mãe. “Eu estacionei um pouco antes da casa da minha mãe, daí veio esse casal em uma moto. O homem, que estava na garupa, já desceu com a arma na mão e apontou para minha cabeça. Era por volta das 20h. Ele pegou meu celular, minha carteira e a chave do meu carro”, disse a vítima. 

Nathália afirma que a mulher que pilotava a motocicleta ficou apressando o bandido armado. 

“A mulher mandava ele ir logo, daí ele subiu na moto e eles saíram. Viraram em uma rua sem saída. Eu desci do carro e fiquei gritando minha mãe. Eles voltaram e ameaçaram atirar. Eu senti que ia morrer naquele momento”, conta a enfermeira. 

Segundo Nathália, os ladrões utilizaram o cartão de débito em um mercado do bairro Los Angeles. 

“Eles usaram. Eu chamei a Polícia, mas não foi encontrado ninguém. Depois entrei, vi que o celular estava naquela região, liguei para Polícia, mas falaram que era para eu ir até o local que eles não poderiam ir. Se eu avistasse alguém com meu telefone na mão, eu podia acionar eles, mas se a pessoa tivesse dentro de casa, eles não poderiam fazer nada”, diz vítima.  

Agora, Natália conta com ajuda da população para localizar ao menos os documentos pessoais. 

“Todos os meus documentos e dos meus filhos estavam na minha carteira. Queria muito recuperar, acredito que eles tenham jogado fora. Se alguém encontrar, por favor acione a Polícia”, diz Natália.