Menu
segunda, 06 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
ALMS - NOVEMBRO
Polícia

Envolvidos com crime organizado, três são presos com carros de luxo, dinheiro e armas

27 abril 2016 - 11h33Por Mariana Anunciação

Três indivíduos foram presos, ontem (27), após vasta investigação e delimitação de alguns endereços suspeitos em Campo Grande, pela prática de crime organizado. Os policiais da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos (Derf) cumpriram o mandado de busca e apreensão expedido pela 3ª Vara Criminal aos imóveis e autuou os autores. Foram apreendidas uma Pajero e um C3 zero Km, além de dinheiro e armas.

Aureliano Francisco Leite Pinto, de 44 anos, foi preso por porte irregular de arma de fogo de uso permitido e furto, por volta das 11h de ontem (26), quando estava em um comércio chamado Casa de Carne Murere, localizado na Rua Mandacaru, Vila Moreninha III.

No local foi encontrado um revólver calibre 22 escondido dentro de uma meia branca, em cima da geladeira.  Também foi constatado instalações de energia elétrica de origens ilícitas e a perícia foi acionada para verificar os fatos. Além disso, foi encontrado certa quantia de origem ilícita, de provável lavagem de dinheiro. Diversos bens foram apreendidos como computador, televisões, celulares e veículos Pajero e C3.

 

Douglas Borges de Souza, 23 anos, e Emerson Borges de Souza, 28 anos, foram presos por volta das 9h de ontem, quando estavam na Rua Do Aquário, no Jardim Nhá Nhá. No cumprimento do mandado, a polícia encontrou quatro munições calibre 32 e seis de calibre 38, junto com Douglas, em seu guarda roupa.

Durante as buscas, foi localizado com seu irmão uma televisão Philips de 46 polegadas, outra da marca Philco de 51, mais um conjunto de forno da Continental e cooktop da marca Fisher. Nenhum dos produtos tinham documentação.

Foram encontradas duas carteiras de habilitação e após entrar em contato com os proprietários, eles informaram que tinham sido furtados. A Guarda Municipal também participou apoiando a operação, levando a motocicleta CBR 1000 que estava com características de adulteração, suporte de placa retrátil, sendo removida para o pátio do Detran.

 “Corumbá foi autuado por posse ilegal de arma de fogo, furto de energia elétrica e vai ser investigado por lavagem de dinheiro porque o patrimônio e valor em espécie supera sua capacidade financeira. Douglas vai responder por posse ilegal de arma de fogo e Emerson receptação porque estava com inúmeros bens, como televisão e fogão. Ele confessou que recebeu moto bob, ou seja, sem origem”, concluiu o delegado Reginaldo Salomão.