Menu
sábado, 15 de agosto de 2020
Polícia

Frio: suspeito de matar Carla, vizinho assistiu sofrimento da família de 'camarote'

Ele confessou que matou a estudante; lençóis com marca de sangue foram encontrados na casa dele

15 julho 2020 - 07h30Por Dany Nascimento e Vinicius Squinelo

Enquanto familiares e amigos de Carla Santana Magalhaes, 25 anos, buscavam desesperados por notícia da jovem após a noite de 30 de junho, o responsável pelo rapto e pela morte da estudante estava mais perto do que todos imaginavam.

Marcos André Vilalba Carvalho foi preso na noite de ontem (14), e morava na mesma rua que a família de Carla. Ele era vizinho da família. Desde o assassinato da menina,, o vizinho ficou por quase 15 dias assistindo o sofrimento pela morte da estudante.

Ela desapareceu na noite de 30 de junho deste ano, quando seguia para a casa onde morava, na rua Nova Tiradentes, no Bairro Tiradentes, em Campo Grande. Um carro se aproximou e um suspeito arrastou a vítima até o veículo e fugiu. Apesar dos gritos de desespero, ninguém aparece no local.

Dois dias depois, o corpo de Carla apareceu na esquina da casa dos familiares. Ela estava morta, coberta somente por um lençol, com ferimentos e teria sofrido abuso sexual.

Leia Também

Assaltante tenta fugir de abordagem, troca tiros com a polícia e morre em Campo Grande
Polícia
Assaltante tenta fugir de abordagem, troca tiros com a polícia e morre em Campo Grande
Chuva ameniza calorão e tempo seco neste sábado em MS
Cidades
Chuva ameniza calorão e tempo seco neste sábado em MS
Famoso por curas e libertações em MS, Padre Benedito nem come mais após ser 'encostado' pela Igreja
Cidades
Famoso por curas e libertações em MS, Padre Benedito nem come mais após ser 'encostado' pela Igreja
Menino de 3 anos não resiste e morre após cair em piscina em Campo Grande
Cidade Morena
Menino de 3 anos não resiste e morre após cair em piscina em Campo Grande