Menu
quinta, 05 de agosto de 2021
Polícia

Garçonete denuncia namorado suspeito de estuprar bebê de 1 ano

Bebê falou para a irmã de 10 anos que o padrasto deu um tapa em seu rosto e havia tocado em seu corpo

14 junho 2021 - 10h57Por Diana Christie e Willian Leite

Viveirista florestal de 26 anos é suspeito de estuprar um bebê de um ano e 11 meses no bairro Portal Caiobá II, em Campo Grande.

Segundo o boletim de ocorrência, o crime ocorreu no dia 6 de julho, mas a mãe da vítima, uma garçonete de 29 anos, só denunciou o caso hoje (14), com medo das ameaças.

A mãe disse à polícia que deixou o caçula com o namorado para buscar os filhos mais velhos na casa do avô. Ao voltar para casa, a mulher encontrou a criança chorando muito e de forma descontrolada.

Ela diz que, no momento, não percebeu nada, mas horas mais tarde, no mesmo dia, o bebê falou para a irmã de 10 anos que o padrasto deu um tapa em seu rosto e havia tocado em seu corpo.

No atendimento da ocorrência, o bebê, que estava no colo da mãe, passou a repetir o ocorrido para os policiais que foram ao local, no linguajar infantil, com palavras como "pipi" e "bumbum".

O suspeito foi detido e encaminhado para a DEAM (Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher).

A criança deve passar por exame pericial.

Os nomes foram omitidos para preservar a identidade da vítima, conforme preconiza o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).