Menu
sábado, 21 de maio de 2022 Campo Grande/MS
CÂMARA MUNICIPAL MAIO 2/3 ANO
Polícia

Acusado de torturar bebê já está livre, leve e solto no Jardim Aeroporto

Moradores alegam que o casal é conhecido por torturar diariamente os filhos

20 janeiro 2022 - 07h00Por Dany Nascimento

O homem de 26 anos, acusado de torturar um bebê de 13 dias, no bairro Jardim Aeroporto, em Campo Grande, passou pouco tempo na cadeia. Vizinhos, que preferem não se identificar, contaram que ontem (18), o suspeito já estava em casa. 

Eles destacam, ainda, que tanto o suspeito quando a esposa de 26 anos são pessoas muito violentas e costumam agredir os filhos diariamente. 

Os dois foram presos na noite do último domingo (16). 

O paradeiro da mulher ainda é mistério para os moradores da região. Já o homem circula pelas ruas normalmente. 

Relembre o caso

Segundo o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada por vizinhos e encontrou o casal possivelmente sob o efeito de drogas e álcool.

A mulher ficou revoltada e, em determinado momento, ateou fogo no cômodo onde o recém-nascido estava. Ela teria dito que ninguém ia ficar com a criança.

O bebê foi resgatado e encaminhado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Vila Almeida pelos bombeiros.

No posto de saúde, os médicos verificaram algumas lesões na criança, que segundo os vizinhos, teriam sido provocadas pelos próprios pais.

O Conselho Tutelar foi acionado e o casal preso. O homem foi encaminhado para a delegacia com escoriações de outra briga com desafetos.