Menu
sexta, 18 de setembro de 2020
Polícia

Homem é assassinado enquanto dormia; criminosos apontaram arma para criança de 3 anos

Os suspeitos apontaram arma na cabeça da criança de três anos, antes de matar o pai na sala

03 agosto 2020 - 10h40Por Dany Nascimento

Valdir Dantas da Rocha, 37 anos, foi assassinado a tiros enquanto dormia em um colchão na sala da casa onde morava, na madrugada desta segunda-feira (3), na rua Eduardo Martins Vidotti, bairro Vale do Sol em Rio Brilhante.

Dois homens invadiram a casa e efetuaram nove disparos de arma calibre 9mm. De acordo com o site Rio Brilhante em Tempo real, a esposa de Valdir estava no quarto da casa com as duas filhas, uma de 3 anos, filha de Valdir, e outra de 10 anos.

O marido dormia em um colchão na sala, quando os suspeitos bateram na porta da cozinha, mas antes que ela abrisse, eles arrombaram e foram até o quarto. Eles apontaram a arma para a cabeça da criança de 3 anos e perguntaram “cade ele, cade ele”.

Segundo a mulher, um dos suspeitos percebeu que a vítima estava no colchão na sala e avisou o suspeito armado. O atirador efetuou os tiros contra Valdir. Ele foi atingido nas costas, pé direto, penas, braço, nádegas pescoço e tórax.

Os atiradores fugiram do local, tomando rumo ignorado. A suspeita é que um carro de cor preto dava cobertura aos assassinos para a chegada e a fuga com um terceiro indivíduo. A vítima ainda foi socorrida por uma ambulância, mas já chegou morta ao hospital de Rio Brilhante.

Leia Também

Rapaz é baleado enquanto caminha no Alves Pereira
Polícia
Rapaz é baleado enquanto caminha no Alves Pereira
Sextou sem chuva: tempo seco predomina e MS continua com calor intenso
Cidades
Sextou sem chuva: tempo seco predomina e MS continua com calor intenso
Família fazia apelo para Elias largar mulher com histórico de agressividade
Cidades
Família fazia apelo para Elias largar mulher com histórico de agressividade
Bolsonaro defende volta às aulas e ataca professores: 'tá bom pra eles ficar em casa'
Geral
Bolsonaro defende volta às aulas e ataca professores: 'tá bom pra eles ficar em casa'