Menu
sábado, 23 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
Polícia

Homem é preso após torturar mulher e divulgar vídeo

Vítima foi agredida em um matagal e obrigada a confessar supostas traições

19 janeiro 2019 - 10h21Por Da redação / Meia Hora

Antônio Paulo Castilho Cardoso, de 37 anos, que espancou e torturou a mulher em Itaperuna, no Noroeste Fluminense, foi preso na noite desta quinta-feira. Além do crime, que ganhou repercussão nas redes sociais e chocou os moradores da cidade, o homem teria gravado o crime e compartilhado em grupos de WhatsApp.

Ele teve a prisão temporária decretada pela Policia Civil, que teve acesso às filmagens e abriu inquérito. A 143ª DP (Itaperuna) identificou os envolvidos e pediu a prisão do acusado. Antônio Cardoso se apresentou à polícia acompanhado de um advogado. Ele vai responder por tortura e violência contra mulher.

A barbárie

As imagens mostram o homem em um matagal agredindo a mulher, seminua, com um objeto contundente. Em outro vídeo, já dentro de um carro, aparece o homem obrigando a esposa a confessar supostas traições.

"Ela me traiu. Fez um filho por aí e fala que é meu [em seguida, bate no rosto dela], mas eu amo ela", diz o agressor, que está casado com a vítima há 16 anos e tem dois filhos.

Imagens mostram homem agredindo a mulher e obrigando-a confessar traição (Foto: reprodução / Meia Hora)