Menu
domingo, 25 de outubro de 2020
Polícia

Homem tortura esposa no jardim Morenão, na Capital

Agredida

28 fevereiro 2014 - 11h30Por Anna Gomes

Humberto Siqueira Nascimento de 35 anos é acusado de torturar a esposa por aproximadamente cinco horas, com chutes, socos, puxões de cabelo e ainda utilizou um fio de eletricidade para aterrorizar a mulher. O caso aconteceu no bairro Jardim Morenão, em Campo Grande.

De acordo com os policiais, durante as sessões de tortura, a vítima desmaiou, mas o homem a  acordou  com água e as agressões continuaram. As torturas começaram por volta das 22h de ontem (27) e acabaram por volta das 4h da manhã de hoje (28), quando o marido pegou no sono e a mulher conseguiu ligar e pedir ajuda para a polícia.

Segundo o registro , enquanto a vítima apanhava, o marido bebia cerveja. A mulher foi torturada porque pediu a separação após descobrir  que Humberto era foragido da Colônia Agrícola Penal de Campo Grande. Ele cumpria pena por roubo.

A mulher foi encaminhada para fazer um boletim de ocorrência na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) e em seguida, encaminhada ao Imol (Instituto Médico e Odontológico Legal) para fazer o exame de corpo de delito.

A Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) investiga o caso. Humberto foi preso em flagrante e levado para a 4ª Delegacia de Polícia de Campo Grande.

Leia Também

Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por covid-19
CORONAVÍRUS
Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por covid-19
Conhecido por ações sociais e defesa da cultura, Crys Sanfona tenta carreira na política
Cidade Morena
Conhecido por ações sociais e defesa da cultura, Crys Sanfona tenta carreira na política
Anjo que salva, Ravi terá órgãos doados em Campo Grande
In Memoriam
Anjo que salva, Ravi terá órgãos doados em Campo Grande
Após ser atropelado e ficar ferido na margem de rodovia, filhote de cervo é resgatado pela PMA
Polícia
Após ser atropelado e ficar ferido na margem de rodovia, filhote de cervo é resgatado pela PMA