TCE Novembro
Menu
segunda, 29 de novembro de 2021 Campo Grande/MS
CONSTRUINDO O SABER 29/11 A 29/12
Polícia

Indivíduos são presos acusados de roubar caminhonete e manter vitimas reféns

O crime teria ocorrido no ultimo dia 05 de setembro

23 setembro 2018 - 09h09Por Ta na Mídia Naviraí

Na tarde deste sábado (22) a Policia Civil de Naviraí com o apoio da Polícia Militar, prendeu três indivíduos, acusados de terem roubado uma caminhonete e manter as vitimas reféns até que o veículo chegasse ao Paraguai. O crime teria ocorrido no ultimo dia 05 de setembro, onde segundo a polícia, os três indivíduos armado e encapuzados pularam o muro da casa das vitimas e renderam toda a família.

Logo em seguia, eles amararam as vitimas que ficaram reféns de um dos bandidos, enquanto os outros dois levaram a camionete que foi negociada no Paraguai. Após tomarem conhecimento do ocorrido a Policia Civil através da equipe do SIG (Setor de Investigações Gerais), passou a investigar o caso e identificou um dos autores, Welliton Nunes Soares, que passou a ser monitorado.

Durante o monitoramento, Welliton foi preso em flagrante acusado de tráfico de drogas. Em continuação as investigações os policiais identificaram os outros dois autores, Clebson Ferreira Nizzara e Rogério de Oliveira Jesus, sendo que a partir daí a Autoridade Policial representou pela prisão preventiva dos mesmos. Após o deferimento do Juiz desta comarca, os investigadores do SIG passaram a monitorar Clebson e Rogério com o intuito de efetuar suas prisões.

Na tarde deste sábado (22), por volta das 17h40m, os policiais civis com apoio da polícia militar cumpriram os mandados de busca e apreensão e realizaram a prisão de Clebson que foi encontrada em sua residência localizada Condomínio Nelson Trad e Rogério que foi localizado em sua residência na rua José de Oliveira, bairro Jardim Paraíso.

 Após a prisão, Clebson e Rogério foram conduzidos para o 1ª DP (Delegacia de Polícia Civil). Segundo a Polícia Clebson já havia sido investigado por pelo mesmo fato no ano de 2013.