Menu
domingo, 27 de setembro de 2020
Polícia

Preso do semiaberto pede socorro e diz que infectados com covid-19 estão 'jogados às traças'

Desde março, as saídas para convívio social estão suspensas; doença se espalha pelo local

04 agosto 2020 - 09h30Por Dany Nascimento

Preocupada com as informações que recebeu, após receber a carta de um primo, que é interno do semiaberto, em Campo Grande, uma mulher de 38 anos, que prefere ter o nome preservado, diz que os presos estão pedindo socorro durante a pandemia do novo coronavírus.

Ela relata que, na carta, o primo alega que muitos colegas estão com sintomas, mas não foram submetidos a testes. “Ele contou que os que estão com sintomas muito fortes, ficam no forte, que é um local sem ventilação, sem cuidados, sem nenhuma medicação. Ele está com medo porque o vírus está se espalhando lá dentro e nós, como família, também estamos muito preocupados”.

A mulher afirma que o interno recebeu a informação de que funcionários da unidade e o diretor também estariam infectados. “Teve um infectado que serviu quatro pavilhões e o vírus espalhou. Conversei com uma mulher carcerária, ela disse que está indo enfermeiro lá, mas não acredito nisso pela carta que recebi”.

Segundo a mulher, os internos não estão saindo para o convívio social desde março. “Alguns estão trabalhando, aí conseguem ligar para a família. Essa carta, eu recebi pelas mãos do advogado”.

Agepen

O TopMídiaNews entrou em contato com a Agepen, mas até o fechamento desta matéria nenhuma informação foi encaminhada.

Leia Também

Campanha está liberada e domina redes sociais
Política
Campanha está liberada e domina redes sociais
Homem é executado ao dançar com irmã em bar
Polícia
Homem é executado ao dançar com irmã em bar
Homem é esfaqueado por 'Cheirinho' e fica em estado grave
Polícia
Homem é esfaqueado por 'Cheirinho' e fica em estado grave
Laboratórios começam a definir preço de vacinas da covid-19
CORONAVÍRUS
Laboratórios começam a definir preço de vacinas da covid-19