TCE MAIO
TJMS MAIO
Menu
segunda, 23 de maio de 2022 Campo Grande/MS
ASSEMBLEIA MAIO DE 2022
Polícia

Irmãs adolescentes são estupradas por padrasto na Capital

Cansadas, as vítimas resolveram relatar o que há anos estava acontecendo e o caso foi parar na delegacia

26 setembro 2018 - 12h28Por Redação

Duas irmãs, de 12 e 13 anos, alegam ter sido abusadas sexualmente pelo padrasto, um homem de 50 anos. Cansadas, as vítimas resolveram relatar o que há anos estava acontecendo e o caso foi parar na delegacia.

Segundo testemunhas, na última sexta-feira (21), as meninas foram até do pai, um motorista de 40 anos. Na residência estava a irmã mais velha das vítimas, uma adolescente de 17 anos, que resolveu morar na casa do pai após também ter sido abusada pelo padrasto.

Na casa, as irmãs relataram os abusos que constantemente estavam acontecendo. Conforme as vítimas, o padrasto não chegou a cometer o ato sexual, mas sempre que podia passava a mão pelo corpo das meninas e supostamente fazia insinuações. Com a negativa das meninas, o homem aplicava vários castigos.

Ainda conforme testemunhas, a diretora da escola onde as meninas estudam chegou a ligar para a mãe relatando o que estava acontecendo com as garotas. A genitora foi até a DEPCA (Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente), onde disse que não sabia de nada. Na contramão, a adolescente de 17 anos, afirmou que já havia alertado a mãe.

“Elas contaram que ele olhava diferente e que tinha o costume de acordar as meninas muito cedo para elas irem para a escola. Era um dos horários que os abusos aconteciam, pois ele aproveitava para passar a mão no corpo delas”, destacou a testemunha.