Maracaju II dengue agosto 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
terça, 16 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
Lobo Guará
Polícia

Jardineiro suspeito de abusar de menina de 11 anos vai continuar preso, decide juiz

Ele já tinha outra passagens na polícia pelo mesmo crime

10 junho 2019 - 12h58Por Maressa Mendonça e Dany Nascimento

Um jardineiro de 60 anos passou por audiência de custódia na manhã desta segunda-feira (10) e teve a prisão em flagrante convertida em prisão preventiva. Com isto, ele vai responder pelo crime de estupro de vulnerável, pelo qual foi preso, na cadeia. O caso aconteceu no fim de semana, em Campo Grande.

Conforme a Polícia Civil, a vítima de 11 anos estava lendo em um banco do condomínio em que mora quando foi chamada pelo suspeito para ir até o apartamento dele pegar outro livro.

A menina foi e, quando chegou ao local, foi surpreendida pelo homem, que começou a tocar nas partes íntimas dela. Ela conseguiu se desvencilhar, correu para casa e contou o caso para os pais.

Os pais da vítima foram até o apartamento do jardineiro e, quando chegaram, perceberam que ele estava arrumando as malas para deixar o local. A Polícia Militar foi acionada e ele preso em flagrante.

Na delegacia, o suspeito confirmou que a garota havia ido até a casa dele, mas negou qualquer tipo de abuso. Em consulta ao sistema policial, os investigadores descobriram que ele tinha outras passagens pelo mesmo crime.

O caso foi registrado na Delegacia de Atendimento à Mulher, mas a investigação ficará a cargo da Delegacia Especializada de Proteção à Criança  e ao Adolescente (DEPCA).