TCE 27/10 a 29/10
Menu
quinta, 28 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
Polícia

Jovem morta em ataque na fronteira deixou vídeo cantado com saudade de casa

Rhannye estudava Medicina em uma faculdade no Paraguai e gravou o vídeo dias antes de ser assassinada

12 outubro 2021 - 16h31Por Vinicius Costa

A jovem estudante de Medicina, Rhannye Jamilly, de 18 anos, morta em brutal ataque de pistoleiros no sábado (9), em Pedro Juan Caballero, cidade fronteiriça com Mato Grosso do Sul, deixou um vídeo gravado sentindo saudade de casa.

Ela morava em Curvelândia, no Mato Grosso, e fazia faculdade na cidade paraguaia. O vídeo gravado dias antes de ser morta mostrava ela cantando uma música gospel relatando a saudade que sentia de casa.

"Me leva para casa, eu quero voltar. Longe de ti não é o meu lugar. Eu corro depressa para te encontrar. De braços abertos como alguém que esqueceu", é o trecho cantando por Rhannye no vídeo, enquanto toca violão.

A jovem e três pessoas morreram após um ataque de pistoleiros na saída de uma festa na cidade de Pedro Juan Caballero. Além dela, Haylee Carolina Acevedo Yunis, de 21 anos, Kaline Reinoso de Oliveira, de 20 anos e Osmar Vicente Álvarez Grance, de 32 anos também morreram.

Conforme as informações divulgadas pela imprensa do país vizinho, a moça foi atingida por 10 disparos de um fuzil com balas de calibre 7,62 e 5,56. Contra o grupo que estava em uma camionete a polícia contou mais de 100 tiros.

Veja o vídeo deixado pela garota: