Menu
segunda, 06 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CONSTRUINDO O SABER 29/11 A 29/12
Polícia

Juntos, Reinaldo e Bolsonaro prometem ‘fechar’ fronteiras de MS

Bolsonaro quer levar trabalho do DOF para todo o País

22 outubro 2018 - 15h55Por Assessoria

O Departamento de Operações de Fronteira (DOF) é a polícia que mais apreende drogas em todo o País. Em seis anos, de 2012 a 2017, as apreensões de drogas pelas forças do Estado saltaram de 87 toneladas para 427 toneladas por ano. Por isso, o candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) planeja reproduzir o trabalho do DOF de Mato Grosso do Sul nas fronteiras do Brasil com 10 países. 

A polícia especializada de fronteira foi criada há 31 anos em Mato Grosso do Sul para combater crimes do narcotráfico nas divisas com o Paraguai e a Bolívia. Mais de 450 toneladas de drogas foram retiradas de circulação em três décadas de trabalho.

Em vídeo divulgado na internet, Bolsonaro afirma ter um plano de segurança para o País “baseado no DOF, da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, sediado na cidade de Dourados”. “Eles fazem um excelente trabalho na fronteira”, atesta o presidenciável.

Bolsonaro conheceu as estruturas do DOF em fevereiro deste ano. À época, o Departamento já batia recordes de apreensões de cigarros, drogas e ilícitos. 

Atualmente, 51 cidades sul-mato-grossenses são monitoradas pelos policiais militares do DOF. A equipe tem presença efetiva em 730 quilômetros de fronteira seca, dos mais de 1.500 quilômetros de divisas com Paraguai e Bolívia, inclusive numa extensa área rural.

O DOF atua nas rodovias estaduais no combate aos crimes e contravenções. Entre os mais recorrentes estão: tráfico de drogas, furto e roubo de veículos, cumprimento de mandados de prisão, abigeato (furto de animais em propriedades rurais), contrabando e descaminho.

Reinaldo Azambuja, candidato à reeleição pelo PSDB, já pediu para Bolsonaro a ajuda para, juntos, Governo Federal e Governo Estadual protegerem as pessoas de bem nas fronteiras de Mato Grosso do Sul e combater o crime organizado e o tráfico de drogas e armas, além do contrabando e roubo de cargas e veículos. 

"Não queremos construir um muro, mas ter as forças nacionais de segurança aqui na fronteira, ajudando nesse trabalho conjunto para combater o tráfico", explicou o governador.

Investimentos

Por meio do programa MS Mais Seguro, lançado pelo governador Reinaldo Azambuja, o Departamento foi contemplado com 10 viaturas, munições, armamentos pesados, como fuzis, e coletes a prova de balas em 2017. 

A atuação do Departamento tem se tornado modelo no País graças ao aparelhamento da polícia e a capacitação permanente dos policiais. Em abril deste ano, o DOF treinou militares do Exército Brasileiro para o enfrentamento aos crimes transfronteiriços. Oficiais e sargentos das Forças Armadas aprenderam técnicas de abordagem e busca veicular.