TCE Novembro
Menu
terça, 30 de novembro de 2021 Campo Grande/MS
pmcg revia negocios
Polícia

Júri popular condena jovem a mais de 25 anos de cadeia por assassinato e tortura

24 agosto 2018 - 11h55Por Luis Abraham

O júri popular da Comarca de Três Lagoas condenou, na tarde quarta-feira (22), de prisão Luan Pereira Batista, 21 anos, a mais de 25 anos de prisão. Ele foi acusado por torturar até a morte Valdeir Ferreira Viega, de 23 anos, em 2015.

A vítima era portadora de deficiência mental, o corpo foi encontrado com 15 perfurações de faca nas proximidades do Bairro Jupiá.

O crime

Valdeir Ferreira Viega, era conhecido como “Boliviano”, foi acusado de estupro por integrantes de uma facção criminosa. A organização criminosa então submeteu a vítima a um julgamento, o “tribunal do crime” decidiu pela morte de Valdeir em abril de 2015.

O corpo foi encontrado com as sobrancelhas raspadas, unhas pintadas, sinais de tortura e mãos amarradas para trás.

Nenhuma acusação contra Valdeir foi confirmada.