Menu
segunda, 06 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
ALMS - NOVEMBRO
Polícia

Marido atira no rosto da esposa que implora para não morrer

“Por favor, não me deixa morrer. Me leve para o hospital e avise a minha mãe”, pediu a jovem

19 agosto 2018 - 09h45Por Anna Gomes

Uma jovem de 18 anos implorou para não morrer após ser baleada pelo marido, de 22 anos.  Ele desferiu um tiro de espingarda, calibre 40, no rosto da vítima que pediu para o homem não deixa-la morrer. O caso aconteceu na noite deste sábado (18), em Selvíria, município distante aproximadamente 400 quilômetros de Campo Grande.

“Por favor, não me deixa morrer. Me leve para o hospital e avise a minha mãe”, disse a jovem ao ser baleada.

Conforme o site Jornal da Nova, por conta da gravidade do ferimento a jovem foi levada ao Hospital Regional de Ilha Solteira, cidade paulista vizinha ao município de Mato Grosso do Sul, onde o rapaz foi preso pela polícia.

Segundo o boletim de ocorrência, o casal teve uma discussão na residência onde moram depois que o jovem chegou de uma pescaria.

Durante a briga, conforme a polícia, o suspeito teria mandado a esposa ir embora, mas ela se negou. Então ele pegou uma espingarda e apontou para vítima. A jovem ainda teria segurado a arma e perguntado o “porque ele estava fazendo isso?”.

Em seguida houve o disparo. Caída, a jovem pediu para que o marido a levasse para o hospital. O suspeito então levou a vítima até o hospital, onde permaneceu até a chegada dos policiais paulistas. À polícia ele confirmou a versão da vítima, mas contou que o disparo foi acidental.

Os investigadores estiveram na residência e apreenderam a arma usada na tentativa de feminicídio. Uma vizinha do casal contou que as brigas são constantes e que ouviram a discussão desta manhã e o disparo, mas ninguém tentou ajudar.