Menu
sexta, 15 de janeiro de 2021
COVID 19 JANEIRO 11/01 A 15/01/2021
Polícia

Massagista que matou chargista vai continuar presa

Ela será ouvida ainda hoje pelo delegado da DEH

25 novembro 2020 - 10h17Por Nathalia Pelzl e Willian Leite

A massagista Clarice Silvestre, que matou o chargista Marcos Antônio Rosa Borges, 56 anos, vai continuar presa, conforme determinou a Justiça. 

Ela passou por audiência de custódia na manhã de hoje (25). A polícia não descarta a participação de outras pessoas na execução da vítima faz buscas na casa dos filhos da suspeita no bairro Coophavila II.  

O corpo do chargista Marco Antônio foi encontrado na tarde desta terça-feira (24), em uma rua descampada no Jardim Tarumã. Ele desapareceu no sábado (21).

Conforme apurado pelo TopMídiaNews, amigos deram conta que a Polícia Militar e Civil foram ao local onde estava o cadáver. A vítima foi esquartejada e os pedaços enterrados na área. 

As investigações chegaram até a suspeita, que disse ser namorada dele e confessou o crime, ocorrido em São Gabriel D’Oeste.