Menu
terça, 15 de junho de 2021
Polícia

Montador de móveis que estuprou sobrinha continua em liberdade

Na época, o acusado convidou a vítima para trabalhar em sua casa como babá

09 junho 2021 - 14h03Por Nathalia Pelzl e Dany Nascimento

Montador de móveis de 47 anos, acusado de estuprar a sobrinha, em 2010, em Naviraí, conseguiu na Justiça a liberdade. 

Conforme informações do processo, o crime aconteceu em março de 2010, quando a menina tinha 13 anos. 

Na época, o acusado convidou a vítima para trabalhar em sua casa como babá.

Segundo o processo, a vítima, nas sextas-feiras, dormia na casa do tio, retornando para sua casa no sábado.

No entanto, por mais de uma vez, o denunciado aproveitou-se e manteve conjunção carnal com a vítima, que acordava por vezes com a região da virilha “molhada” com um líquido que ela não sabia o que era. 

Na ocasião, a menina engravidou e contou sobre os fatos para mãe. Na época, foi decretada a prisão do suspeito. 

A defesa requereu a revogação da prisão, alegando que estão ausentes os requisitos autorizadores da prisão preventiva, e juntando exame de DNA que comprova que o filho gerado não é seu, mas do avô da vítima.

O exame foi feito em auto de investigação de paternidade realizado em outubro de 2013. 

O Juiz revogou a prisão preventiva e ele continuará respondendo em liberdade.