(67) 99826-0686

Mulher aciona polícia após ser ameaçada de morte e ter casa 'cravada' de balas pelo ex-marido

A vítima disse que recebeu uma foto do homem com uma arma na mão e minutos depois, ouviu os disparos na frente da casa

12 AGO 2019
Dany Nascimento
07h24min
'Big', o amigo do suspeito de efetuar os disparos foi preso com arma de fogo e munições, mas disse que não sabe o paradeiro de Yvailton Foto: Batalhão de Choque

Uma mulher, que não teve nome e idade identificado, acionou a Polícia Militar após ser ameaçada de morte e ter a residência como alvo de disparos de arma de fogo, na Rua Agripino Grieco, no Núcleo Habitacional Universitária, em Campo Grande.

Segundo o registro policial, a vítima disse que recebeu uma foto do ex-marido, Yvailton Souza Agustinho, com uma arma de fogo nas mãos. Minutos depois, ele, que conduzia um veículo VW Jetta passou na frente do imóvel e efetuou diversos disparos.

Ela contou aos policiais do Batalhão de Choque, que o suspeito costuma guardar a arma debaixo do colchão.  Na casa do suspeito, os policiais receberam a informação de que ele havia saído do local. A Guarnição entrou no local, realizou buscas, mas não encontrou Yvailton. O atual namorado da vítima, disse aos policiais que também sofre ameaças de morte.

A mulher contou que o suspeito possui um amigo conhecido apenas pelo apelido de “Big”, que também andava armado. Ela foi orientada a procurar a Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) para registrar o ocorrido.

Os policiais voltaram até a casa de Yvailton e encontraram três pessoas no local, inclusive o amigo Big. Na casa, os policiais encontraram cinco munições de revólver calibre .38.   Big contou que Yvailton havia deixado o local há poucos minutos. A equipe foi até a casa de Big e encontrou um revólver calibre .38, cinco munições de calibre .38 e sete munições de revólver de calibre .357, além de dois estojos de munição de .38 no chão.  

Ele foi preso e encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento comunitário) Piratininga.

 

Veja também