Menu
domingo, 20 de setembro de 2020
Polícia

Mulher é espancada quase até a morte por namorado

O suspeito foi identificado e preso em flagrante após vizinhos acionarem a Polícia Militar

18 fevereiro 2019 - 08h01Por Da redação / Meia Hora

Uma mulher foi agredida pelo namorado e ficou desfigurada, na madrugada deste sábado, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. A empresária e ex-cunhada da lutadora Kyra Gracie, Elaine Caparróz, 55 anos, teria sido encontrada em seu apartamento desacordada. O suspeito, identificado como Vinícius Batista Serra, 27 anos, foi preso em flagrante após vizinhos acionarem PMs. Esta teria sido a primeira vez que o agressor e a vítima se encontraram, no apartamento dela.

Na portaria, o suspeito teria se identificado com outro nome que não Vinícius. As agressões começaram de madrugada e duraram cerca de 4h. "O estado que ela está é deplorável. Ela certamente vai precisar passar por cirurgias. Não sei como ela está viva", relatou um amigo, que preferiu não se identificar. A vítima estava internada em estado grave no Hospital Lourenço Jorge, mas foi transferida para uma unidade particular. Elaine teve diversas fraturas no rosto e hematomas pelo corpo.

O MEIA teve acesso ao boletim de ocorrência registrado na 16ª DP (Barra da Tijuca). No documento, o delegado-adjunto Rodrigo Freitas de Oliveira afirma que "pela gravidade das agressões e pela desproporcionalidade física, se (Vinicius) não desejava a morte da mesma, assumiu o risco de produzi-la". Ainda segundo Rodrigo, o suspeito tentou matar Elaine por "razões de condição de sexo feminino" a qual o delegado considerou como violência doméstica e familiar.

Os amigos de Elaine creem que o crime foi premeditado. No boletim de ocorrência, o delegado afirmou que não há dúvidas que o homem cometeu o crime. Na delegacia, Vinícius Batista Serra teria justificado que o espancamento aconteceu após um surto psicótico sofrido por ele durante a madrugada.

Investigadores da 16ª DP (Barra da Tijuca) estiveram na casa da vítima e fizeram uma perícia. No pedido de prisão preventiva, o delegado afirma que Vinícius é perigoso e que é preciso que ele fique preso. Já que solto "poderá atentar novamente contra a vida da vítima" ou tentar atrapalhar as investigações. O suspeito foi transferido para a Cadeia Pública Frederico Marques, em Benfica. O Meia não conseguiu contato com a defesa de Vinicius.

Leia Também

Prefeito em MS ameaça dar tiro em bolsonaristas
Polícia
Prefeito em MS ameaça dar tiro em bolsonaristas
Chuva pode dar as caras já neste sábado e no domingo em Campo Grande
Cidade Morena
Chuva pode dar as caras já neste sábado e no domingo em Campo Grande
Brasil tem 739 mortes pela covid-19 em 24 horas, diz Ministério da Saúde
Geral
Brasil tem 739 mortes pela covid-19 em 24 horas, diz Ministério da Saúde
Saudade é tanta, que um ano após perder o filho, Thayelle ainda escuta Miguel chamar
Entrevistas
Saudade é tanta, que um ano após perder o filho, Thayelle ainda escuta Miguel chamar