Menu
sábado, 18 de setembro de 2021 Campo Grande/MS
Polícia

Mulher esfaqueada 10 vezes após denunciar estupro da filha morre no hospital

O acusado da tentativa de homicídio, identificado como Luciano de Oliveira Pinto, fugiu após o crime e ainda não foi encontrado

12 outubro 2020 - 13h47Por Nathalia Pelzl

Mulher de 28 anos, esfaqueada 10 vezes, após denunciar o estupro da filha, morreu na Santa Casa de Corumbá, na manhã de hoje (12).

A vítima foi esfaqueada na tarde de sábado (10), na rua República da Bolívia, bairro Aeroporto.

O acusado da tentativa de homicídio, identificado como Luciano de Oliveira Pinto, fugiu após o crime e ainda não foi encontrado.

Ele é filho do suspeito de cometer o estupro contra criança.  Ele resolveu se vingar da mãe da menina após a prisão do pai.

A vítima deu entrada no pronto-socorro em estado gravíssimo. As perfurações atingiram a região lombar, tórax, antebraço, perna e pescoço. Nesta manhã, ela não resistiu aos ferimentos.