Menu
sábado, 26 de setembro de 2020
Polícia

Olha o estagiário: família procura polícia após contratar estagiário que se passou por advogado

Durante a negociação a família solicitou diversas vezes a senha do processo para acompanhar, mas o ‘advogado’ sempre inventava uma desculpa

02 fevereiro 2019 - 12h45Por Nathalia Pelzl

Uma família de Campo Grande foi enganada por um estagiário que fingiu ser advogado para ser contratado na abertura de um processo de inventário da mãe de um dos envolvidos, morta em 2017.

Segundo registro policial, a mulher de 58 anos, procurou a delegacia após tentar contato com o suposto advogado diversas vezes, sem sucesso. Em depoimento, ela disse que o suspeito teria cobrado o valor de R$2 mil para executar o serviço, durante a negociação a família solicitou diversas vezes a senha do processo para acompanhar, mas o ‘advogado’ sempre inventava uma desculpa.

Intrigada com a situação, a vítima foi até o Fórum onde constatou que não havia nenhum processo de inventário. Ela então foi até a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e descobriu o golpe, sendo que o tal advogado era na verdade estagiário, e que estava suspenso. O caso foi registrado como falsidade ideológica.

Leia Também

Decreto permite três viagens diárias de ônibus entre Corumbá e Campo Grande
Interior
Decreto permite três viagens diárias de ônibus entre Corumbá e Campo Grande
Mortes da covid voltam a crescer em Mato Grosso do Sul
CORONAVÍRUS
Mortes da covid voltam a crescer em Mato Grosso do Sul
Com rio Paraguai abaixo de 10 cm, Agência Nacional de Águas monitora impactos da seca
Interior
Com rio Paraguai abaixo de 10 cm, Agência Nacional de Águas monitora impactos da seca
Casa pega fogo e assusta neta e avó em bairro de Campo Grande
Cidades
Casa pega fogo e assusta neta e avó em bairro de Campo Grande