Menu
Busca quarta, 22 de janeiro de 2020
Polícia

Padrasto tortura menino de 3 anos com fio de energia e diz que "bateu para educar"

Mãe da criança denunciou o caso e diz que filho quase desmaiava com as torturas feitas pelo marido

15 janeiro 2020 - 10h02Por Nathalia Pelzl

Serralheiro de 44 anos foi preso na madrugada desta quinta-feira (15) suspeito de torturar o enteado de 3 anos, com fios de energia, socos e beliscões. O caso aconteceu em Chapadão do Sul.

Conforme informações do boletim de ocorrência, a prisão aconteceu por volta da meia noite, depois da mãe do menino pedir socorro em uma igreja.

Ela relatou que o homem batia no menino com fio de energia, dava socos, beliscões e torcia os membros da criança, oferecendo risco de fratura ou lesão muscular.

Ainda segundo a mulher, o filho quase desmaiava com as torturas feitas pelo marido. No momento da abordagem da polícia, o padrasto levou a criança ao hospital e alegou que o menino havia sido agredido pelo irmão.

No entanto, ao ser questionado novamente, alegou que bateu para educar, não para ferir. Ele foi preso e encaminhado à delegacia.