TCE MAIO
TJMS MAIO
Menu
terça, 24 de maio de 2022 Campo Grande/MS
ASSEMBLEIA MAIO DE 2022
Polícia

Pai é preso suspeito de agredir bebê de um mês

Menino ficou uma semana internado por fratura na costela. Mãe da criança também sofria agressões

14 novembro 2018 - 10h46Por Da redação / G1

Um jovem de 22 anos foi preso em Joinville-SC, no Norte catarinense, suspeito de agredir o filho de um mês, que fraturou a costela. Conforme a Polícia Civil, ele já tinha histórico de violência doméstica e a mãe também sofria agressões constantes.

De acordo com a delegada Georgia Marrianny Gonçalves, da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (Dpcami), foi pedida a prisão preventiva do suspeito no dia 1º de novembro, concedida pela Justiça em 9 de novembro e cumprida no sábado.

Segundo relato da mãe à Polícia Civil, uma mulher de 31 anos, na madrugada de 24 de outubro o pai se irritou com o choro do bebê e por isso deu socos, tapas e tentou sufocar o menino. A mãe contou ainda que tentou impedi-lo e foi agredida.

"Ela pediu ajuda para um vizinho, que os levou para o Pronto Atendimento (PA). De lá, foi constatada a costela fraturada. A criança foi levada para o hospital, ficando uma semana internada", disse a delegada.

Ainda segundo Georgia, o pai do bebê tentou entrar no hospital, mas foi impedido por seguranças e pela Polícia Militar. "Ofertamos a medida protetiva e o acolhimento em abrigo para a mãe e criança", disse a delegada.

O homem foi levado para o Presídio Regional de Joinville. Ele deve responder por lesão corporal contra mulher e lesão corporal e com maus-tratos qualificados pela agressão à criança.