TCE ABRIL 16 A 22/04
Menu
quinta, 22 de abril de 2021
Polícia

Patroa acusa funcionária de furto de sabão e caso vai parar na polícia

Segundo informações da polícia, em outras ocasiões a patroa já obrigou as funcionárias do local ficarem nuas para vistoriar supostos furtos do local

03 setembro 2016 - 12h36Por Kerolyn Araújo

Funcionária de um restaurante de Sidrolândia, de 31 anos, procurou a polícia após ser acusada pela patroa de furtar uma barra de sabão do estabelecimento. O caso foi registrado na manhã de hoje na delegacia de Polícia Civil da cidade.

Conforme informações do registro policial, a vítima trabalha no local há 30 dias e, no dia 1º de setembro, recebeu da patroa um pacote contendo cinco barras de sabão e guardou no armário. Ontem (02), a funcionária utilizou a última unidade do produto.

Exaltada, a patroa acusou a funcionária de ter furtado as barras, já que elas foram 'gastas' em um curto período de tempo. Ela ainda disse que a funcionária teria que 'se virar' para arrumar o produto e que pediria as imagens das câmeras de segurança para confirmar o furto.

Ainda segundo informações da polícia, em outras ocasiões a patroa já obrigou as funcionárias do local ficarem nuas para vistoriar supostos furtos do local.