Menu
terça, 22 de setembro de 2020
Polícia

PF prende cacique e recolhe espingardas calibre 12 em ação contra guerra entre grupos indígenas

Liderança da aldeia Alves de Barros estava com armamento com numeração raspada

21 maio 2019 - 18h37Por Thiago de Souza

A Polícia Federal prendeu um cacique e apreendeu três espingardas calibre .12, durante a operação Paz no Campo, deflagrada na manhã desta terça-feira (21), na Aldeia Alves de Barros, em Porto Murtinho. A atuação da PF foi acompanhada pelo procurador da República, Emerson Kalif Siqueira.

De acordo com a PF, o objetivo de promover três mandados de busca e apreensão - expedidos pela 5ª Vara Federal em Campo Grande - foi cumprido. Também foram apreendidos dois revólveres calibre .38 e munições diversas, além de dois celulares.  

O cacique preso não teve a identidade revelada e estaria com arma de fogo com numeração raspada.  

Quatro policiais militares também participaram da operação, que contou com 31 policiais federais e um helicóptero.

 

Leia Também

Efeito cascata: se eleitos, deputados abrem vagas para suplentes no Legislativo
Política
Efeito cascata: se eleitos, deputados abrem vagas para suplentes no Legislativo
Na frente de shopping: corpo cabeleireiro desaparecido é achado no Córrego Segredo
Cidade Morena
Na frente de shopping: corpo cabeleireiro desaparecido é achado no Córrego Segredo
Chuva de 9 milímetros alivia, mas não resolve queimadas no Pantanal
Interior
Chuva de 9 milímetros alivia, mas não resolve queimadas no Pantanal
Se achar, é melhor devolver: mascote da PF está desaparecido em Ponta Porã
Interior
Se achar, é melhor devolver: mascote da PF está desaparecido em Ponta Porã