Menu
Busca domingo, 05 de julho de 2020
MS DIGITAL - COMPET
Polícia

Pistoleiros matam homem com tiros de fuzil e dois são presos na fronteira

A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu

24 outubro 2016 - 12h24Por Anna Gomes

Ariel Luciano Dure Soto, de 32 anos, foi executado com tiros de fuzil por pistoleiros na manhã desta segunda-feira (24), enquanto saía de sua residência e entrava em um táxi. O fato aconteceu entre as ruas Mariscal Lopez e Tenente Roa, no bairro Bernardino Caballero, em Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Brasil.

Conforme o site Dourados News, os pistoleiros chegaram em um Honda Civic de cor preta e atiraram várias vezes contra a vítima, que chegou a ser socorrida, mas morreu.

Alguns agentes da Polícia Nacional de Pedro Juan Caballero, que passaram pelo local no momento do crime, perseguiram os autores e conseguiram interceptar o veículo dos pistoleiros, prendendo dois deles e apreendendo os fuzis usados para matar Ariel.

Leia Também

Assassino de secretário de Agricultura Familiar de Dourados é procurado pela polícia
Polícia
Assassino de secretário de Agricultura Familiar de Dourados é procurado pela polícia
BOLSA-INTERNET: bolsonarista é contra e defende uso de rede de TV aberta para aulas EAD
Política
BOLSA-INTERNET: bolsonarista é contra e defende uso de rede de TV aberta para aulas EAD
Estudante é morto a tiros após correr durante operação policial
Geral
Estudante é morto a tiros após correr durante operação policial
Pico do coronavírus agora é previsto para agostou ou setembro, diz Saúde
Saúde
Pico do coronavírus agora é previsto para agostou ou setembro, diz Saúde