Menu
segunda, 23 de novembro de 2020
Polícia

Polícia anuncia morte de Fat Family, que havia sido resgatado de hospital

O vigilante Ronaldo Luiz Marriel de Souza, que estava na unidade, acabou atingido por uma bala perdida e morreu no local

26 setembro 2016 - 12h30Por Agência Brasil

A Polícia Civil confirmou há pouco a morte de Nicolas Labre Pereira de Jesus, baleado em meio a uma ação contra o tráfico de drogas, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro na manhã de hoje (26). Mais duas pessoas, cuja identidade não foi revelada, também foram mortas durante a operação, na qual foram apreendidos com as vítimas três fuzis, drogas e material para endolação (ato de embalar drogas para a venda).

Conhecido como Fat Family, ele é acusado de envolvimento com o tráfico de drogas e foi resgatado em junho do Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro da cidade do Rio de Janeiro, onde estava internado sob custódia da Polícia Militar. Na época, homens armados invadiram o hospital e trocaram tiros com policiais.

O vigilante Ronaldo Luiz Marriel de Souza, que estava na unidade, acabou atingido por uma bala perdida e morreu no local. Um policial e um técnico de enfermagem também ficaram feridos.

Fat Family era um dos principais procurados pela polícia no Rio e o Disque Denúncia chegou a oferecer R$ 3 mil por informações que levassem à sua prisão.

Leia Também

Incêndio destrói depósito de loja de materiais de construção na rua Santa Quitéria; veja
Cidades
Incêndio destrói depósito de loja de materiais de construção na rua Santa Quitéria; veja
Homem negro compra mochila e é acusado de furto em loja no RJ
Geral
Homem negro compra mochila e é acusado de furto em loja no RJ
Sem luz há 21 dias, moradores do AP sofrem prejuízos de forte temporal
Geral
Sem luz há 21 dias, moradores do AP sofrem prejuízos de forte temporal
Comerciantes das Moreninhas ganham curso de finanças gratuito
Economia
Comerciantes das Moreninhas ganham curso de finanças gratuito