Menu
Busca domingo, 29 de março de 2020
Coronavirus
Polícia

Polícia anuncia morte de Fat Family, que havia sido resgatado de hospital

O vigilante Ronaldo Luiz Marriel de Souza, que estava na unidade, acabou atingido por uma bala perdida e morreu no local

26 setembro 2016 - 12h30Por Agência Brasil

A Polícia Civil confirmou há pouco a morte de Nicolas Labre Pereira de Jesus, baleado em meio a uma ação contra o tráfico de drogas, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro na manhã de hoje (26). Mais duas pessoas, cuja identidade não foi revelada, também foram mortas durante a operação, na qual foram apreendidos com as vítimas três fuzis, drogas e material para endolação (ato de embalar drogas para a venda).

Conhecido como Fat Family, ele é acusado de envolvimento com o tráfico de drogas e foi resgatado em junho do Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro da cidade do Rio de Janeiro, onde estava internado sob custódia da Polícia Militar. Na época, homens armados invadiram o hospital e trocaram tiros com policiais.

O vigilante Ronaldo Luiz Marriel de Souza, que estava na unidade, acabou atingido por uma bala perdida e morreu no local. Um policial e um técnico de enfermagem também ficaram feridos.

Fat Family era um dos principais procurados pela polícia no Rio e o Disque Denúncia chegou a oferecer R$ 3 mil por informações que levassem à sua prisão.

Leia Também

Higienização de cabines de caminhões está sendo feita na BR-163
Cidades
Higienização de cabines de caminhões está sendo feita na BR-163
Bolsonaro visita comércios e cumprimenta populares
Geral
Bolsonaro visita comércios e cumprimenta populares
Em crise, PSL de Três Lagoas perde 80% da chapa de pré-candidatos
Política
Em crise, PSL de Três Lagoas perde 80% da chapa de pré-candidatos
Na Lata: MILAGRE do coronavírus é rico descobrir que pobre precisa de comida
Na Lata
Na Lata: MILAGRE do coronavírus é rico descobrir que pobre precisa de comida