FIEMS JUNHO

segunda, 17 de junho de 2024

Busca

segunda, 17 de junho de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Dourados

há 6 dias

Polícia começa a intimar suspeitos de furto de porcos após acidente em Dourados (vídeo)

Episódio de saqueamento aconteceu após carreta tombar na semana passada

Após o incidente de furto e matança dos animais em Dourados, a Polícia Civil começa a intimar os primeiros suspeitos pelo saque. As investigações começaram após uma carreta tombar na semana passada e a carga de porcos serem saqueadas por populares.

Desde então, a polícia científica busca identificar os suspeitos. Eles são investigados pelos crimes de furto, abigeato e maus tratos a animais.

Ao site local Dourados News, o delegado do caso afirmou que as intimações serão feitas ainda nesta semana. "Estamos em processo de identificação das pessoas nas imagens e, a partir de amanhã, começaremos a intimá-las para depoimento, visando esclarecer suas respectivas participações nos atos de agressão e subtração dos animais", afirmou o delegado.

Ele enfatizou ainda o foco da investigação em apurar a real participação dos envolvidos nos atos de agressão e subtração dos animais: "Estamos apurando qual que é a real participação das pessoas que conseguimos identificar no vídeo, quem agrediu, quem subtraiu, entre outros detalhes". 

O delegado ressaltou a importância de reunir evidências concretas e que as situações serão avaliadas de maneiras distintas. Segundo ele, são apuradas hipóteses de que tenham ocorrido maus tratos aos animais em algumas situações e até mesmo se porcos foram esquartejados vivos, ainda no local do acidente.  

“Está sendo tratado como furto qualificado, tanto furto de animal, quanto o furto em concurso de pessoas, caso tenha acontecido a união de mais integrantes para subtrair a carga, vai depender de ‘caso a caso’, o que pode gerar uma pena maior ao furto. Se for abigeato a pena é de dois a cinco anos de prisão e no caso de furto qualificado, se tiver ocorrido concurso de pessoas, dois a oito anos”, declara.

Ainda de acordo com a polícia, o prazo inicial para conclusão das investigações é de 30 dias, podendo ser prorrogado, conforme necessário.

O caso

Uma carreta carregada com 160 suínos tombou na rotatória no anel viário em Dourados, a 228 quilômetros da Capital. O acidente ocorreu por volta de 11h30 da manhã do dia 3 de junho.

O inquérito policial foi aberto no final da manhã do mesmo dia após o saqueamento de porcos praticado por moradores e a possível matança dos animais, ainda na pista da rodovia.

Os porcos, alguns vivos e outros já mortos em razão do acidente, que fez uma carreta tombar, foram saqueados do local enquanto a Polícia Militar Rodoviária, Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar estavam na área realizando o atendimento médico ao motorista que se feriu e foi levado ao Hospital da Vida.

A quantidade de pessoas que se juntaram para aproveitar o momento oportuno, assusta até mesmo quem estava atuando na ocorrência. Porém, o caso deverá ser investigado como furto, conforme diz a legislação, onde saquear produtos de veículos acidentados sem autorização, é configurado crime de furto.

Os artigos 155 e 157 do Código Penal já estabelecem pena para quem “subtrai, para si ou para outrem, coisa alheia móvel”.

Segundo o site Ligado da Notícia, vídeos se espalharam pelas redes sociais mostrando o corre-corre dos moradores para tentar pegar os porcos e levá-los para outros lugares. Alguns vídeos mostram, inclusive, que pessoas tentam colocar os animais à força em porta-malas de carros.

Em um dos vídeos, conforme o site local, é possível ouvir uma pessoa dizendo em tom irônico que "liberou o churrasco". Contudo, as autoridades que atuaram no acidente afirmaram que não havia liberação para saquear a carga viva.

 

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
AMIGOS DA CIDADE MORENA ABRIL NOVEMBRO