A+ A-

quinta, 18 de abril de 2024

quinta, 18 de abril de 2024

Entre em nosso grupo

2

Polícia

19/09/2018 10:21

A+ A-

Polícia prende dupla que teria roubado mais de 15 motos

Suspeitos foram presos quando estavam prontos para agir em um comércio

Crispin Duarte Almada, 20 anos, residente de Horqueta, Paraguai, e Derlis Ramon Esteche, 18, egresso do Centro Penitenciário Regional de Pedro Juan Caballero foram presos em flagrante na tarde de terça-feira (18) em Ponta Porã, por investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Delegacia Regional da Polícia Civil Policia Civil.

A dupla agia armada em uma motocicleta, realizando assaltos na região de Pedro Juan Caballero e Ponta Porã. Por volta de 16h45, os investigadores avistaram os dois a bordo da moto, cor azul, sem placa e entravam em uma loja com a arma em punho.

A dupla se aproveitava da distração das vítimas para realizar as abordagens, na tarde de ontem a dupla assaltaria um comercio na região do bairro Vila Boa Vista, quando foram flagrados pelos investigadores do SIG dentro da “Operação Integração” realizadas pelos órgãos de segurança pública em Ponta Porã.

Ambos receberam voz de prisão, foram identificados e tiveram apreendidos o revólver calibre 38, quatro cartuchos e a motocicleta.

Motocicleta utilizada para cometer os crimes (Foto: Divulgação / Porã News)

Derlis afirma que na cidade de Ponta Porã já realizou três roubos a mão armada e teria roubado a moto de uma mulher na BR-463, outra motocicleta foi levada pela dupla na região do bairro Santa Izabel e a terceira na área central da cidade, onde atuava sempre com armas em mãos.

Crispin vai além e alega que na cidade de Pedro Juan Caballero ambos teriam roubado mais de dez motocicletas, elas seriam entregues a um receptador que escolhe previamente a marca do veículo a ser roubado e realiza o pagamento na entrega do mesmo.

A prisão da dupla, segundo o delegado Fabrício Dias dos Santos, foi de vital importância, vez que identifica o modus operandi dos assaltantes. A informação foi repassada aos investigadores da Direção de Investigações Criminais de Casos Puníveis da Polícia Nacional do Paraguai em Pedro Juan Caballero e solicita às vítimas que compareçam à delegacia de Polícia Civil em Ponta Porã para que realizem o reconhecimento.

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias