TCE Novembro
Menu
domingo, 05 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
pmcg revia negocios
Polícia

Polícia prende suspeitos de invadir e roubar boate em cidade de MS

27 abril 2016 - 16h18Por Hora da Notícia

A polícia militar prendeu nesta quarta-feira (27), seis suspeitos de roubar a boate 'Bar Bambu', localizada na Avenida Vereador Kendi Nakai, em Costa Rica. Entre os presos está um menor de 16 anos, que foi apreendido. Ele seria o responsável por furtar uma motocicleta e esconde-la para vender e trocar por drogas.

Os suspeitos chegaram à delegacia por voltadas 18 horas, debaixo de muita chuva. Conforme o site O Correio News, eles aparentavam estarem drogados ou embriagados. Foram presos Wenderson Batista, 29 anos, Edenair Fautino Lianes, 22, Luiz Henrique da Silva Barbosa, 20, Edivaldo Alves de Oliveira, 19 e Edenir Ferreira Lianes, 23 anos.

O delegado de polícia civil titular de Costa Rica, Alexandro Mendes de Araujo, comandou a operação e foi buscar o menor de idade na sala de aula em uma escola da cidade. As prisões aconteceram no bairro Ipê, localizado nos fundos do Parque de Exposição Laerte Pás Coelho. A moto foi encontrada pelos policiais escondida próximo ao rio Sucuriú, nos fundo do Parque de Exposição.

O Hora da Notícia apurou que a quadrilha planejava levar a moto para a cidade de Coxim, e trocar por drogas que seriam divididas entre os integrantes. A moto será submetida a pericia e entregue para a proprietária. A operação envolveu as três forças policiais: polícia civil, militar e ambiental. 

  

Um sétimo rapaz, suspeito de estar envolvido no roubo foi preso por volta das 08 horas desta terça-feira pelo SIG (Sistema de Investigação Geral), conforme informou o delegado. A quadrilha teria invadido a boate, quebrando tudo que havia no local, como um televisor de 29 polegadas, quebraram e subtraíram garrafas bebidas, roubaram dinheiro que estava no caixa, assim como um aparelho de telefone celular.

Ele levaram também uma motocicleta Honda CG 150, de placa OOO 1057, de Campo Grande, que estava estacionada nos fundos do estabelecimento. De acordo com a vítima, que trabalha na boate, os rapazes chegaram encapuzados e armados com pedaços de pau e passaram a ameaçá-la, assim como sua amiga.