TCE Novembro
TJMS DEZEMBRO
Menu
quinta, 02 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
pmcg revia negocios
Polícia

Polícia prende trio e elucida furto a agência dos Correios em MS

Suspeitos ainda pretendiam furtar lotérica em Deodápolis

18 setembro 2018 - 19h16Por Thiago de Souza

Ação de dois setores da Polícia Militar prendeu, nesta terça-feira (18), em Glória de Dourados, três suspeitos de furtarem agência dos Correios em Angélica, em maio deste ano. O trio, segundo a polícia, pretendia furtar uma lotérica em Deodápolis.

Anderson Teixeira Bom de 35 anos, Wallace Ribeiro Bomfim de 19 anos, vulgo "Coala" e Guilherme Ferreira de Souza de 21 anos, vulgo "Gordo", foram presos suspeitos de tráfico de drogas, associação criminosa e posse irregular de arma de fogo. Coala e Gordo são moradores de Anaurilândia.

Policiais da Agência Local de Inteligência, após apuração ao furto ocorrido nos Correios da cidade de Angélica, repassaram a informação aos policiais militares da Força Tática, que os suspeitos estariam escondidos em Glória de Dourados e recebendo apoio para outro possível furto em agência dos Correios ou lotéricas. 

A Força Tática passou a monitorar os restaurantes da cidade, até que um homem em um VW/Golf de cor branca, foi fotografado saindo de um dos estabelecimentos com três marmitas. O veiculo foi acompanhado até a Vila Industrial, onde o seu condutor adentrou em uma residência, localizada à rua Arthur Vieira Rocha e após alguns minutos saiu rapidamente. O suspeito foi identificado como Anderson, que tinha ligação com o tráfico de entorpecentes e tentativa de furto no Banco do Brasil daquela cidade.

Diante das informações as equipes de Força Tática e ALI passaram a monitorar o local dia e noite. Como ninguém saiu ou entrou na residência, fato que chamou a atenção dos policiais, os integrantes da Força Tática foram até o imóvel para checar o local e foram recebidos por Guilherme e Wallece. Questionados se residiam naquele imóvel, os dois apresentaram diversas versões e declararam que estavam ali só de passagem, demonstrando nervosismo.

Durante buscas na residência, foram encontrados uma munição de calibre 38 intacta, uma balança de precisão, seis invólucros de cocaína pronta para venda, dois invólucros maiores conhecidos por "caixas" de cocaína, as quais totalizariam cerca de 50 invólucros, que vendidos em valor comercial renderiam cerca de R$ 2,5 mil.

Ainda no local foi encontrado também um saco com moedas e uma sacola plástica picotada na cor azul, mesma cor dos invólucros, que a dupla afirmou que se tratava do dinheiro furtado nos Correios de Angélica.

Criminoso flagrado dentro de agência dos Correios. (Foto: SAA - Jornal da Nova)

Conforme o Jornal da Nova, os suspeitos acabaram confessando que estavam na residência de Anderson para realizarem um furto na lotérica de Deodápolis, declararam também que a pessoa que lhes estava dando apoio era Anderson e que o veículo utilizado para o furto em Angélica foi o Golf dele.

Quanto ao entorpecente encontrado, a dupla alegou que era de Anderson e que na noite anterior estiveram no imóvel algumas mulheres realizando o uso de cocaína.

Anderson Teixeira Bom foi encontrado posteriormente em um sítio, na saída para Deodápolis e negou todos os fatos. O trio recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Glória de Dourados.