TCE MAIO
TJMS MAIO
Menu
quarta, 25 de maio de 2022 Campo Grande/MS
ASSEMBLEIA MAIO DE 2022
Polícia

Polícia recupera celular de universitária assassinada na fronteira

O aparelho teria sido vendido pelo suposto assassino que já está preso

04 setembro 2018 - 09h45Por Anna Gomes

Após um trabalho de inteligência, investigadores da Divisão de Homicídios recuperaram, nesta segunda-feira (3), o aparelho celular da universitária do curso de medicina Erika de Lima Corte, de 29 anos, morta a facadas na cidade de Pedro Juan Caballero, na fronteira com Ponta Porã, município distante aproximadamente 250 quilômetros de Campo Grande.

Conforme o Porã News, o celular da vítima foi levado da residência, após a morte da vítima, mas os policiais conseguiram chegar até a pessoa que estava com o aparelho. Ela disse ter comprado por 100 mil guaraníes (equivalente a 70 reais).

A pessoa que estava com o celular confessou ter comprado o aparelho na noite que o crime aconteceu e o próprio assassino, identificado como Cristopher Andrés Romero Irala, de 27 anos, que teria vendido o objeto.

A testemunha relatou não conhecer a estudante. Segundo o comprador, ele se encontrava em um grupo de amigos ingerindo bebidas alcoólicas em um local situado próximo a linha divisória com a cidade de Ponta Porã, onde Cristopher Irala teria aparecido oferecendo o aparelho e ele resolveu comprar.  

Os investigadores manifestaram que o aparelho, junto a outras evidências, provam que Cristopher realmente seria o autor do assassinato de Erika. Ele também já teria assassinado outra estudante no ano de 2012, mas na época ele recebeu liberdade por falta de provas.