Menu
quinta, 26 de novembro de 2020
Polícia

Policial de folga é morto após reagir a assalto em Porto de Galinhas

Imagens de uma câmera de segurança de um estabelecimento comercial flagraram o momento em que Johnson reage ao assalto e é baleado

22 novembro 2020 - 15h32Por Willian Leite

O soldado da Polícia Militar de Alagoas (PMAL) Johnson Bulhões da Rosa Silva, de 27 anos, foi atingido por um tiro na cabeça após reagir a um assalto em Ipojuca, distrito de Porto de Galinhas (PE), na sexta-feira (20).

O policial chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã de sábado (21). Até o momento ninguém foi preso. As informações são do Uol.

Segundo o site da Isto É, o PMPE (Polícia Militar de Pernambuco ) diz que o policial estava de folga, passeando com a família, quando foi surpreendido por dois assaltantes em uma motocicleta. De acordo com testemunhas, os criminosos observaram que o PM estava armado enquanto passavam de moto e um deles desceu para abordar o policial.

Imagens de uma câmera de segurança de um estabelecimento comercial flagraram o momento em que Johnson reage ao assalto e é baleado. Um homem de calça amarela e camisa preta armado foge logo após o crime.

O policial foi socorrido por por um carro da CIATUR da PM (Companhia de Apoio ao Turista de Porto de Galinhas) para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Porto de Galinhas.

Conforme as autoridades, as polícias de Pernambuco e Alagoas estão atuando juntas para identificar e prender os suspeitos. Em nota ao Uol, a PMAL informou que devido ao luto pela morte do soldado Bulhões não haverá apresentação da banda corporação pelo programa Vem Ver a Banda Tocar, que ocorre aos domingos na rua fechada, na orla da Pajuçara, em Maceió.
 

Leia Também

Mãe e bebê de dois meses morrem após carro bater em coqueiro em Bonito
Interior
Mãe e bebê de dois meses morrem após carro bater em coqueiro em Bonito
Tumor retirado da cabeça de prefeito de Coxim é benigno, dizem médicos
Interior
Tumor retirado da cabeça de prefeito de Coxim é benigno, dizem médicos
Presidente da Fundação Palmares ataca: 'morto no Carrefour não era preto honrado'
Geral
Presidente da Fundação Palmares ataca: 'morto no Carrefour não era preto honrado'
Brasil tem 654 mortes por covid em 24h, diz Ministério da Saúde
Geral
Brasil tem 654 mortes por covid em 24h, diz Ministério da Saúde