TJMS JANEIRO
Menu
quinta, 20 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Polícia

Policial de Pedro Gomes morre após ser agredido por detento

25 novembro 2015 - 18h48Por Alessandra Carvalho

O investigador da Polícia Civil, Anderson Garcia da Costa, de 37 anos, morreu na tarde de hoje (25), após ser agredido por um detento na cidade de Pedro Gomes, distante 307 quilômetro da Capital.


Conforme a assessoria de imprensa do Sindicato da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, Zósimo Pereira dos Santos, de 47 anos, foi preso pela Polícia Militar após matar animais e ameaçar vários vizinhos.


Ele foi levado para a delegacia e estava algemado na grade da cela. O policial Costa foi retirar as algemas do Santos, para que ele recebesse atendimento da equipe da Secretaria de Saúde. O detento então jogou a grade da cela em cima do policial, que ficou com ferimentos graves na cabeça.


Costa conseguiu se defender e chegou a atirar contra o autor que ficou com ferimentos na perna. Os dois foram socorridos e encaminhados para um hospital da cidade de Coxim. Logo após, Costa foi transferido para aCampo Grande e, devido a hemorragia intensa, não resistiu aos ferimentos e morreu.


Devido ao mal tempo o helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB) era para ter se deslocar até Coxim e resgatar a vítima com maior precisão, no entanto, a aeronave não conseguiu decolar.


Conforme o Idest, Santos estava com problemas psicológicos e vinha causando transtornos desde que foi abandonado pela família. Ele morava nas ruas. A esposa e as filhas foram embora para a cidade de Cuiabá no Mato Grosso. Ele consumia muita bebida alcoólica e constantemente tinha problemas com a polícia. Ele foi atuado em flagrante por tentativa de homicídio. O corpo do policial Anderson está no IMOL (Instituto Médico Legal e Odontólogico ) de Campo Grande.