Menu
quinta, 24 de setembro de 2020
Polícia

Condenado por assassinar esposa e atirar no sogro é encontrado enforcado em penitenciária

Ainda não há mais detalhes sobre o caso. A perícia está no local

10 abril 2019 - 09h31Por Da redação/Dourados News/A Gazeta News

Rodrigo de Souza Barbosa Pinto, 35 anos, foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (10), dentro de uma cela forte da PED (Penitenciária Estadual de Dourados). 

Ele cumpria pena por homicídio ocorrido em 2012 contra uma mulher em Amambai e também tentativa de homicídio. O interno estava enforcado. Ainda não há mais detalhes sobre o caso. A perícia está no local.

A condenação

Rodrigo foi condenado por matar a esposa, Ana Paula Rodrigues, 28 anos, com um tiro no peito e ferir o padrasto dela. Quando cometeu o crime, ele roubou um carro, abandonou o veículo logo em seguida e fez uma pessoa refém para continuar a fuga.

O assassinato ocorreu na região do Jardim Panorama, em Amambai, e ele foi preso quando tentava fugir da cidade em um ônibus de passageiros.

Segundo familiares da vítima, Ana Paula estava sentada na frente da residência quando Rodrigo teria chegado com uma arma de fogo e atirado no peito da esposa.

Um dos tiros acabou atingindo de raspão a barriga do padrasto de Ana Paula, o operador de máquinas Antônio Dias de Souza, de 56 anos.

Segundo a Polícia Militar, após atirar contra a família, Rodrigo Pinto teria apanhado sua própria motocicleta e se deslocado até um posto de combustível situado na Avenida Pedro Manvailler, próximo a saída para Coronel Sapucaia.

No posto, o rapaz teria rendido um motorista que havia acabado de abastecer seu veículo, um Honda Civic, e tomado o carro em assalto.

Segundo a vítima, que é moradora na cidade de Dourados, como o carro é hidramático, Rodrigo não teria conseguido sair com o veículo.

Ele teria ficado nervoso, apontado a arma para a cabeça da vítima e puxado o gatilho por pelo menos três vezes, mas a arma, que supostamente estaria com todas as munições já deflagradas, teria falhado.

Após receber instruções do dono do carro de como o veículo funcionava, o acusado saiu com o Honda Civic em alta velocidade.

Segundo a polícia, Rodrigo teria se deslocado com o veículo até um balneário situado aos fundos da Vila Indiana, na periferia da cidade, onde acabou abandonado o carro.

Informações passadas por pessoas do local à Polícia Militar indicam que após abandonar o Honra Civic roubado, Rodrigo de Souza Barbosa Pinto teria rendido uma pessoa que estava no balneário e a obrigado a levá-lo até nas proximidades de uma ponte, na saída para Coronel Sapucaia.

De acordo com a Polícia Militar, Rodrigo Pinto acabou preso na saída para Ponta Porã. Ao ser preso, Rodrigo, que aparentava total descontrole emocional, disse aos policiais que havia tomado um moto táxi na Avenida Nicolau Otano, no centro da cidade, até a saída para Ponta Porã onde pretendia tomar um ônibus para Campo Grande.

Leia Também

Se a moda pega: moradores se revoltam com atropelamento e incendeiam delegacia na fronteira
Geral
Se a moda pega: moradores se revoltam com atropelamento e incendeiam delegacia na fronteira
Geral
VÍDEO: agente de trânsito ajuda tatu a atravessar rodovia: 'nunca imaginei isso'
Ajuda ocorreu em trecho da rodovia Marechal Rondon
VÍDEO: motorista flagra jiboia cruzando pista de avenida no RJ: 'olha isso'
Geral
VÍDEO: motorista flagra jiboia cruzando pista de avenida no RJ: 'olha isso'
Cadê as feministas? Zé de Abreu vai pagar R$ 50 mil por ofender mulher de João Dória
Geral
Cadê as feministas? Zé de Abreu vai pagar R$ 50 mil por ofender mulher de João Dória