A+ A-

domingo, 14 de abril de 2024

domingo, 14 de abril de 2024

Entre em nosso grupo

2

Polícia

há 1 semana

A+ A-

Presos em Campo Grande, mãe e filho eram mandantes de mortes em shopping de Cuiabá

Autor das execuções já havia sido preso em Uberlândia, quando recebeu R$ 10 mil pelo crime

Mãe e filho foram presos nesta terça-feira (2), no Jardim Samambaia, em Campo Grande, após serem apontados como mandante do crime que deixou duas pessoas mortas em um shopping de Cuiabá, em Mato Grosso. A operação reuniu policiais do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros), da Polícia Civil de Mato Grosso e do Grupo de Operações Especiais de Mato Grosso.

Segundo informações divulgadas pela polícia, no mesmo local da prisão, também foram encontradas quatro armas de fogo e inúmeras munições. Uma dessas armas, inclusive, teria sido utilizada no dia do duplo homicídio.

O fato aconteceu no dia 23 de novembro do ano passado, no Shopping Popular, em Cuiabá. Na oportunidade, um atirador efetuou um disparo contra uma das vítimas, mas o projétil transfixou e acertou a segunda vítima, onde ambos morreram. As duas vítimas foram identificadas como Gersino Rosa dos Santos, de 43 anos, e Cleyton de Oliveira De Souza Paulino, de 27 anos.

Durante a investigação, a Polícia Civil de Mato Grosso conseguiu localizar o atirador em Uberlândia, em Minas Gerais. Ele, em sua versão, afirmou que foi contratado pelo homem para matar Gersino e receberia R$ 10 mil pelo serviço, indicando que o crime seria para vingar a morte do mandante.

Nas investigações, a Polícia Civil de Mato Grosso buscou auxílio da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, pois a informação era de que mãe - que também atuou na dinâmica do crime - e filho estariam escondidos em Campo Grande.

Como já havia um mandado de prisão contra o homem, o GARRAS, em conjunto com a DH/PCMT e o GOE/PCMT, realizaram diversos levantamentos, conseguindo localizar e capturar os dois mandantes do crime.

Eles foram conduzidos a sede do Garras, onde serão realizados os procedimentos determinados, tanto em relação ao cumprimento dos mandados de prisão, quanto no que se refere à autuação em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo.

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias