Menu
Busca domingo, 05 de julho de 2020
MS DIGITAL - COMPET
Polícia

PRF apreende quase 900 quilos de maconha na BR-262

Droga, segundo os suspeitos presos, saiu de Ponta Porã e iria para o interior paulista

07 setembro 2016 - 18h00Por Thiago de Souza

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreendeu, na manhã deste 7 de setembro, 897 quilos de maconha, no quilômetro 21 da BR-262. A droga, avaliada em R$ 900 mil, estava dentro de um Renault Logan, com placas falsas de São Paulo. Na ação foi preso um homem  de 22 e uma mulher de 18 anos. 

Um veículo Honda Civic, com placas de Carapicuiba-SP, passou pela base da PRF, e durante abordagem de rotina, o motorista aparentou nervosismo, levando os agentes a realizar uma vistoria minuciosa do carro. Com os suspeitos foram localizados um rádio comunicador oculto, o que levou a polícia a crer que estes estavam servindo de batedores de algum outro veículo carregado com produtos ilícitos. 

Ao fazer buscas na região, a PRF encontrou o logan carregado com a droga, porém abandonado pelos ocupantes. Ao revistar o carro, a polícia descobriu que as placas verdadeiras do carro são de Belo Horizonte, pertencente a uma empresa locadora de veículos. 

O condutor do Honda Civic contou que saiu de Ponta Porã com destino a São Manoel, interior paulista, e que receberia R$ 5 mil pelo transporte do entorpecente. 

Os suspeitos , a droga e os veículos foram levados para a delegacia da Polícia Federal em Três Lagoas.  

 

Leia Também

Após Pioneiros, é a vez da Filinto Müller ser recapeada em Campo Grande
Cidade Morena
Após Pioneiros, é a vez da Filinto Müller ser recapeada em Campo Grande
COVID-19: Brasil tem mais 37 mil casos e registra 1.091 novas mortes
Saúde
COVID-19: Brasil tem mais 37 mil casos e registra 1.091 novas mortes
Prefeitura confirma 3ª morte por Covid em Paranaíba
Saúde
Prefeitura confirma 3ª morte por Covid em Paranaíba
Deputado detona ação contra cloroquina: 'querem matar autorizado pelo Supremo'
Política
Deputado detona ação contra cloroquina: 'querem matar autorizado pelo Supremo'